domingo, 14 de abril de 2013

21ª Corrida - Circuito Contra o Preconceito


Desde que comecei a correr, a vida tem me proporcionado muitas coisas boas, e este fim de semana foi mais uma prova disso. Em tempos não “tão tão” distantes assim, dificilmente eu sairia do conforto do meu lar para pegar chuva até o ponto de ônibus, viajar molhado até São Paulo, acordar 5h da manhã e correr na cidade da garoa num frio do cacete... Mas lá vamos nós de novo. Isso tudo parece irreal, mas fazer isso com a companhia de um grande amigo não tem preço que se pague. Ontem fui pra São Paulo para visitar o Gabriel e correr com ele a Corrida Contra o Preconceito hoje, mas antes demos uma passadinha na Pizzaria Monte Verde Itam pra saborear uma pizza deliciosa, valeu muito a pena! Desejo toda a sorte do mundo para o Gabriel e a Sara, que entrarão numa nova etapa, cheia de desafios. Estou torcendo por vocês!

Retirada do Kit
Gabriel e eu
De volta à corrida... 5h da matina e a garoa mandando bala. Chegamos ao local da prova por volta de 6h30 e retiramos o kit sem problemas e também deixei minha mochila guarda-volumes, que funcionou tranquilamente. A ideia da corrida era promover a igualdade entre as pessoas, e isso tem tudo a ver com esse esporte, que corre homem, mulher, velho, branco, preto... E por aí vai... Com um pequeno atraso foi dada a largada de 2000 corredores com suas camisetas coloridas.

Concentração

Gostei muito do percurso, que permeava o centro histórico da maior cidade do Brasil e seus prédios antigos que sempre me impressionam. Confesso que no início tava um pouco travado por causa do frio, e consegui impor um ritmo bom só no km 2. No km 4 era a única subida mais forte, mas que foi tranquila. Depois disso soltei o corpo e corri forte até cruzar a linha de chegada. Meu tempo bruto foi 25m41s, mas larguei no fundão... Lembro que quando passei no pórtico já tinha 1m30s rolado, então meu tempo líquido foi algo em torno de 24m11s. Um bom tempo.

Percurso e tempo
Ao terminar a corrida peguei água e retirei minha mochila no guarda-volumes. Ai fui encontrando várias caras conhecidas de blogueiros de São Paulo, que tive o prazer de conhecer pessoalmente, como é o caso do O Corretor Corredor e do Léo (Pisando Por Aí). Sou um leitor assíduo do blog de vocês! Houve um pequeno equívoco do pessoal da organização na entrega da medalha, mas tá valendo. Ah! Só lembrando que esta foi uma corrida Vasco da Gama... Na faixa! ;)

Léo (Pisando Por Aí)
Eu e Gabriel
Medalha
E foi assim que “acabou” meu dia... Digo “acabou” porque a jornada ainda era longa. Voltar pra Piracicaba e ainda estudar. Mas vamo que vamo, que a vida não pára...

"... a vida não pára."