sábado, 6 de abril de 2013

20ª Corrida - III Etapa do Circuito de Corridas de Montanha


Demorei mas voltei! Há duas semanas comecei meu mestrado, então está sendo um pouco difícil arranjar um tempinho para escrever aqui. Mas vamos lá!

No fim de semana passado fui correr o Circuito de Corridas de Montanha em Paranapiacaba, distrito de Santo André/SP. Este distrito surgiu com a construção da estrada de ferro que ligava São Paulo a Santos, servindo como centro operacional e também como residência aos funcionários da São Paulo Railway. A estrada de ferro, construída pelos ingleses, transportava pessoas e cargas para o Porto de Santos. Lugar charmoso, maria-fumaça apitando e clima ameno, mas aquelas montanhas verdes lá atrás queriam dizer alguma coisa.
Montanhas ao fundo
A antiga estrada de ferro
"Tic tac tic tac, Piuííííííí!!!!" 
O Pedro, grande amigo e irmão veio de férias especialmente para correr essa prova comigo. Treinou bastante em Cuiabá e chegou aqui “fininho” pra correr o circuito longo, de 12 km. Mas as situações ficaram adversas e a organização anunciou que o percurso tinha mudado para 14 km!  Bom, quem tá na chuva é pra se molhar. Saímos às 15h em ponto, diferente do que havia sido divulgado no regulamento, em que o circuito curto largaria às 14h e o longo às 16h. Não posso deixar de agradecer o apoio que meu amigo Tiago, que mora em São Paulo nos deu, levando a gente até lá. Muito obrigado Kpim e lembre-se, você é uma pessoa normal! hahahaha

AVISO: Proibido entrada de pessoas estranhas
Retirada do kit
Na preparação
Almoçamos por lá mesmo, num restaurante de comida caseira muito gostoso e barato, R$ 12,00 para comer a vontade. Pretendo um dia voltar lá pra me hospedar numa pousada e comer de novo essa comida. 

O "serv-serv" bombando
Aquele “montão” de gente correndo, bonito de se ver! Até que logo após o km 2 foi formando uma fila grande e o pessoal foi parando. Aquele ponto só podia passar de um em um, pois era a entrada do rio, em que correríamos por volta de 800 m na água! Muito legal essa parte do percurso, mas se a largada tivesse sido em horários diferentes, demoraria menos tempo na espera pra dar o “tibum”.

O "tibum"
Lá em cima!
Chegada do Pedro
Aeeee!
Lá se vai uma meia pro lixo

Não vou nem descrever as subidas e descidas que se alternaram e “machucaram” a nossa mente, pelo menos a minha. Mesmo assim gostei muito desse tipo de corrida, apesar do tênis pra correr no asfalto não ajudar. Eu não caí, mas teve muita gente que sim. Terminei a prova em 1h58m59s, na 145º colocação geral e 14º na faixa etária. Meu amigo Pedro terminou em 2h24m05s (186º geral e 22º faixa etária), um tempo ótimo levando em consideração o terreno e por ser sua primeira prova. Parabéns!

Kit. Faltou uma squeeze na foto.
A dita cuja!
Vou ficando por aqui! Até a próxima!