domingo, 16 de dezembro de 2012

13ª Corrida - Circuito Correr e Caminhar TE Connectivity



Hoje estive em mais uma corrida daquelas que você se pergunta: “Quem em mente sã acorda às 4h30 de um domingo para correr?”. Mas essa pergunta dura somente cinco minutos após abrir os olhos. O destino hoje era Bragança Paulista, em mais uma etapa do Circuito Correr e Caminhar para Viver Bem, com patrocínio da TE Connectivity. Combinei com o Osmir (CORREReBlogar) às 5h30 em frente à ESALQ. No carro fomos eu, Osmir e o Preté, um dos atletas mais conhecidos de Piracicaba, que completou hoje 665 provas. Uma fera! Aliás, hoje estive somente com a nata dos corredores de rua de Piracicaba.

Preparativos com Preté e Osmir
"Levanta o braço aí!"
Kit de participação
Chegamos por volta das 7h30 em Bragança, que estava com uma chuva fininha. Pegamos o kit, composto por camiseta, número de peito, chip e barra de cereal, e voltamos ao carro para trocar a roupa e fazer os últimos ajustes. Eu ainda acho impressionante esse universo da corrida. Pessoas como o Osmir e o Preté conhecem muita gente, resultado de vários anos competindo, ou como diria o Osmir, divertindo. Tá certo que o objetivo de um e de outro são diferentes, o Osmir corre por diversão e o Preté corre por resultados, mesmo ambos sendo amadores, assim como eu. A diferença é que estou chegando a minha 13ª prova, praticamente uma criança de colo das corridas.

Percurso
Medalha
O clima ajudou muito no desenvolver da prova. Tentei manter o ritmo ao longo de todo o percurso. A largada se deu na R. Alpheu Grimelle, em frente ao lago, um lugar bonito e pelo visto onde as pessoas da cidade vão fazer seus treinos. Demos uma volta ao redor do lago e fomos reto na Av. Salvador Markowicz, numa subida suave até o km 3, onde começava uma subida relativamente forte e ia mais ou menos até o km 4. A descida após o km 4 seria a subida do km 5, que era bem pesada. Depois disso, a corrida foi uma maravilha! Praticamente só descida até o final da prova.

Depois disso peguei minha medalha, me hidratei bastante com água e suco e comi umas bananas, tudo disponibilizado pela organização, que está de parabéns, mesmo sendo uma corrida gratuita. Aliás, essa foi a máxima das corridas organizadas pela Rede Acesso, pelo menos as que eu participei. Meu tempo na linha de chegada foi de 49’48”, resultado que julgo muito bom pelo que venho treinando, principalmente depois da contusão. Além disso o Preté ficou em primeiro lugar na faixa etária, parabéns!!

Osmir, Preté (e seu troféu) e eu
Enfim, o final do ano está chegando e com ele a São Silvestre! Portanto, aguardem que vem coisa boa ai!

Abraços e boa semana!