segunda-feira, 2 de julho de 2012

2a Corrida do Isporádico – Mini Corrida Vertical

Oi Pessoal!! Voltei! Voltei pro blog e pras corridas!
A dor no meu pé passou, e a consulta com o ortopedista foi muito tranquilizadora. Ainda falta eu fazer um exame de imagem, mas estou bem mais tranquilo.
Tanto que resolvi me arriscar.
Encarei uma prova muito diferente e desafiadora. A Mini Corrida Vertical da Virada Esportiva de São Paulo 2012.
A corrida vertical é a corrida em escadarias, para desespero das mães que falam para as crianças não correrem nas escadas. Pelo menos, a corrida é subindo, acho que deve ser menos perigoso.
Esta corrida foi muito especial. Foi o primeiro evento que a Sara participa.
Ela topou a minha loucura. Eu devo desculpas a ela. Achei que subir escada seria fácil e convenci ela a ir junto, mas a verdade é que foi muito difícil.

Sobre o evento:
Houve uma divulgação bem legal do evento. Diversos sites anunciando, e um procedimento bem rápido de cadastro. Por ser parte da Virada Esportiva, foi um evento gratuito.
Porém houve desencontro de informação. Em alguns site era divulgado que seriam 22 andares, em outros 14. Não tinha nenhuma informação sobre porta-volumes, e como era a primeira vez que nós íamos correr juntos, ficamos com receio de levar máquina fotográfica e outras coisas (por isso a escassez de fotos). Por fim foram 14 andares e tinha um porta-volumes. O atendimento de todos da organização foi muito bom. A corrida foi organizada pela Corre Brasil, empresa de Santa Catarina, que tem tradição em provas de rua e em corridas verticais.
O kit era uma camiseta bem bonita, sem silk, com o símbolo da Vira Esportiva. Chip descartável, sacolinha, e medalha para quem terminasse a prova.

Sobre a prova:
Vendo o cartaz de divulgação, dá pra ver que a escada é em espiral, só que eu não esperava que seria até o 14 andar em espiral! Foi muito estranho, não bastasse o cansaço, as vezes dava uma vertigem.
Eu e a Sá estamos totalmente sem preparo. Há mais de mês que eu machuquei o pé e abandonei qualquer treino. A Sá não treinava. Mas mesmo assim fomos lá encarar esse desafio.
Resultado. Eu parei de correr no 4 andar, subi o resto caminhando rápido, um trotinho, mas senti muito. Respiração cortando, calor, e um pouco de vertigem. Eu terminei em 03'18'', que me rendeu a 77 posição, entre 90.
A Sá teve mais problemas. A falta de treino fez com que ela parasse duas vezes. Teve que sentar e respira, recuperar o fôlego. E mesmo tendo motivos para desistir, ela continuou subindo! Terminou a prova, e me encheu de orgulho. Foi muito legal ver ela cruzando a linha de chegada! Com um sorriso no rosto e logo uma medalha no peito. O tempo ficou prejudicado com as paradas.


Foto com a nossa macote, a Chuleta!

A prova foi bem legal, e serviu muito para despertar em nós a necessidade de se cuidar, treinar, planejar para cada corrida. Estamos nos preparando! Logo teremos resultados ainda mais expressivos em termos de tempo. Mas o principal é Correr de Coração, correr junto de quem se ama é ainda melhor!

Abraços!

Isporádico