terça-feira, 26 de junho de 2012

7ª Corrida do Prudence - 3ª Corrida e Caminhada Turística de Piracicaba


Desde o dia 03/06 não participava de nenhuma prova. No último domingo corri a 3ª Corrida e Caminhada Turística de Piracicaba. Nas últimas três semanas treinei muito pouco, peguei firme mesmo essa semana, em que treinei 10 km na segunda-feira, joguei bola na quarta-feira e corri mais 5 km na sexta-feira. Com isso meu objetivo para essa prova era conseguir um sub-50’, difícil, mas era uma meta realista.

Para moradores de Piracicaba, a retirada do kit seria feita somente no sábado, dia 23/06, na sede da Construtora Cataguá, idealizadora do evento. O legal é que para moradores de outras cidades o kit poderia ser retirado no dia do evento, sanando aquele velho problema para corredores de outras cidades da região. Lá encontrei o Osmir (CORREReBlogar), que me apresentou seu amigo Luiz e ali mesmo trocamos algumas ideias sobre algumas corridas que ainda virão, o blog, a corrida do dia seguinte... E por aí vai...

Nesse final de semana tive que ir sozinho, porque a namorada não pôde ir, então as fotos estão meio pobres... Estou esperando as do seu Osmir e as oficiais da corrida, pra ver se apareço em alguma. Acordei por volta das 6h pra tomar café e me arrumar, pois queria chegar cedo pra estacionar o carro e me aquecer bem, porque estava muito frio, ainda mais na beira do rio, que hoje estava muito bonito, cheio, parecia que ia jogar água pra fora!


Kit de participação e a medalha abaixo.
No aquecimento fui encontrando o pessoal, cumprimentei o Luiz, na concentração encontrei o Paulo (que conheci na Corrida Porto Piracicaba), entre outras carinhas conhecidas. Na largada a organização deu para todos uma bexiga para soltar quando passasse o pórtico e dentro desta tinha uma semente de árvore, legal a iniciativa! Dada a largada às 8h (exatamente no horário previsto), peguei um ritmo muito bom, conseguindo manter o pace abaixo de 5’ até o km 6. A saída deu-se na Av. Alidor Pecorari (atrás da Rua do Porto) caindo num trecho da Av. Paulo de Moraes até a rotatória (1 km) e depois virando à esquerda na Av. Cruizeiro do Sul correndo por 2 km a beira do Rio Piracicaba e voltando pelos mesmos 2 km, aí já contabilizando 5 km de prova (pontos de água nos km 2 e 4). A largada da corrida de 5 km foi 15 minutos após a de 10 km, portanto neste ponto (5 km) a corrida de 10 km se encontrava com a de 5 km e com a caminhada de 4 km, justamente num trecho de estrada de terra que sai no engenho, e é relativamente estreita. Isso atrapalha um pouco, porque a cada momento é preciso alterar o ritmo, sem contar que são mais pessoas que passam pelo ponto de água, que pro meu azar, no ponto de água no km 6 havia somente uma pessoa pra distribuir os copinhos e pelo volume de gente ele acabou deixando os copos em cima da mesa, e quando fui pegar escorregou da minha mão e deixei pra trás a água, uma pena, porque o outro ponto era só no km 8. Ao sair da ponte pênsil a subida do Museu da Água era forte, e era a principal, no final da subida tinha um tapete do chip. Ai foi outro problema, porque nessa parte todos os corredores (provas de 5 e 10k) passavam juntos, afunilados, diminuindo drasticamente o ritmo. Sendo assim, do km 7 ao 10 meu pace foi um pouco acima de 5’. Dessa forma, terminei a prova com tempo líquido de 50’10”. Fiquei em  125º na classificação geral e na minha faixa etária (18 a 29 anos), minha colocação foi 19º. No geral masculino e na minha faixa etária, o total de corredores foi de 321 e 39, respectivamente. Nem preciso dizer que fiquei muito contente com o resultado!

Largada
Gostei muito dessa prova apesar do preço salgado (R$45,00). Explico o porquê. A organização, a meu ver, foi excelente. Gostei do e-mail recebido na sexta-feira (22/06), com informações sobre a corrida (altimetria, percurso, turismo em Piracicaba, etc.), da qualidade do kit, composto por camiseta, folhetos informativos sobre Piracicaba e seus pontos turísticos, squeeze, número de peito e chip, da largada, que apesar de ser muito cedo nessa época de frio (e que me rendeu uma gripe braba! rs), foi no horário marcado, da bexiga com a semente dentro e da retirada do kit no dia do evento para corredores de outras cidades. Os pontos negativos foram: a aglomeração de corredores de 10k, 5k e caminhantes na metade final da prova, acarretando em má distribuição nos pontos de água e diminuição de ritmo no tapete eletrônico. Mas os pontos positivos se sobressaíram sobre os negativos!



Foto acima: Com a medalha em frente ao pódio; Foto abaixo: Eu, Adauto, Osmir e seu filho
Ainda vou definir qual será a próxima corrida, até lá vou treinando! Um abraço a todos e boa semana!