segunda-feira, 21 de maio de 2012

4ª Corrida do Prudence - 32ª Mini-maratona do Trabalhador (Americana-SP)


Olá pessoal, hoje vou relatar a minha 4ª corrida do ano, a 32ª Mini-maratona do Trabalhador de Americana, que foi ontem, dia 20/05. A prova estava marcada para iniciar às 9h da manhã, em função disso tive que literalmente madrugar em pleno domingo, coisa que há muito tempo não acontecia, e quando fazia era por necessidade, não por vontade... Tá aí mais uma coisa que a corrida tem mudado em minha vida, a minha disposição e disciplina tem aumentado, não somente para praticar a corrida, como também no cotidiano. Recomendo!

Chegamos lá com o auxilio do GPS tranquilamente por volta das 8h15. Peguei o número de peito e o chip, porém a camiseta só poderia ser retirada junto com a medalha no final, fato que achei meio chato, já que sempre gosto de correr com a camiseta do evento, até pra divulgar as empresas que apoiam o esporte, nada mais justo. Enfim, as atividades começaram com a criançada que correram provas menores e por volta das 9h os atletas da caminhada e das corridas de 5k e 10k já estavam posicionados e mais alguns minutos depois se deu a largada, mas antes disso tudo tive o prazer de conhecer pessoalmente o Seu Osmir, corredor de Piracicaba que também tem um blog (http://correreblogar.blogspot.com.br/), o encontrei no caminho firme e forte, parabéns seu Osmir!

Eu e o seu Osmir
Essa seria a primeira prova que correria usando o app Endomondo no meu celular, mas por volta do 2º quilômetro percebi que não estava funcionando, acho que o GPS do meu celular não estava legal e acabou não encontrando os satélites necessários, uma pena. Tive que fazer o trajeto no Google Earth novamente. Já havia lido no blog da Myla (http://mylavitacchi.blogspot.com/) que o percurso tinha erro e não era de 10k, e jogando no Google Earth confirmei o que ela disse e fiquei muito desapontado com a organização nesse sentido. O erro foi grotesco, o trajeto em si tinha somente 9k, espero que no ano que vem eles possam acrescentar esse 1 km a mais.

Trajeto da prova
Saímos da Avenida Rafael Vitta, em frente ao Fassina, e já começamos a encarar um longa subida que terminava numa subida “mooonstra”, onde no topo uma família fornecia laranja descascada para os corredores, muito legal a atenção. Depois disso era uma descida muito grande, que dava pra descansar e até passar algumas pessoas, e terminava no ponto onde havia começado. Para os atletas de “10 k” o percurso era fazer esse trajeto duas vezes. Nessa subida encontrei o seu Osmir e havia também um cadeirante participando da prova, não me contive e dei algumas palavras de incentivo, assim como outros que ali passavam. Um exemplo de força de vontade e perseverança. Um rapaz passou ao seu lado e gritou: “Você que faz com que a gente corra...”, e durante toda a longa subida pensei nessa frase e em todas as dificuldades que eu achava que eram dificuldades, e percebi que não eram nada perto do que aquele homem já havia passado, e que não adianta reclamar da vida, tem que fazer acontecer mesmo.

Chegada
Terminei a prova em 49’46”, um pace médio de 5’32”, corrigindo para os 10k eu terminaria em 55’18”. Na classificação geral fiquei em 160º, em 20º na minha faixa etária (25-29 anos), no entanto, como vocês já devem ter percebido, eu não ligo muito pras classificações, meu objetivo mesmo nessa prova era terminar em menos de uma hora. Na hora fiquei animado por ter corrido em 49 minutos, mas só podia ter algo errado, meu pace normal é por volta de 5’30” e não 5’, teria sido um recorde. Apesar do erro da organização fiquei muito feliz com o resultado. Final de semana que vem vou correr em Piracicaba mesmo, Corrida Porto Piracicaba.



Um abraço e bons treinos!

ps: Depois da corrida fui no Outlet Premium, que fica no km 72 da Rodovia dos Bandeirantes, para comprar um tênis e ver alguns itens para corredores, em breve farei um post sobre o Outlet.