terça-feira, 14 de março de 2017

52ª Corrida – Circuito Poúro

No último domingo corri em Santo Antônio do Leverger/MT a prova de 21 km do Circuito Poúro, organizado pela Ultramacho. As competições da empresa são reconhecidas pela ótima organização e bom trato com o corredor, itens extremamente difíceis de se encontrar aqui em Mato Grosso. Além disso, os percursos são sempre incríveis e valorizam as belezas naturais da nossa região, fato muito pouco explorado. Parabéns novamente à organização! Vocês são show!

A minha primeira prova neste tipo de terreno foi em 2013, no Circuito Paulista de Corridas de Montanha (veja aqui meu relato). Sempre gostei de provas mais técnicas, daquelas que fazem você pensar meticulosamente suas ações e atitudes, para chegar ao resultado esperado. Sabendo disso, me controlei o quanto pude e, mesmo assim, errei em alguns pontos cruciais. Por mais que eu soubesse que esta prova seria difícil, mas não imaginava que pudesse ser tão complexa como foi.

Kit da corrida
Pré-prova (ainda com alegria)
Mesmo com um ganho de elevação de 1095 metros (muita subida!), terminei esta meia maratona em 2:55:23, o que confere um ritmo de 8:19/km, o que considero um ótimo tempo, tendo em vista todas as dificuldades. Sem dúvidas nenhuma o momento mais complicado da prova foi do km 12 ao 14, que foram subidas tensas e com um sol de rachar! Fora isso, os últimos 3 kms foram muito técnicos, mais dentro da mata e passando pela Cachoeira dos Malucos, o que deu uma pesada, principalmente carregando o cansaço anterior.

Percurso e altimetria da prova
Na classificação geral masculino fiquei na posição 64º de um total de 103 corredores, o que me coloca entre os 62% mais rápidos. Este é um desempenho comparativo um pouco melhor do que o da corrida passada (veja aqui). O que não mudou foi o meu desempenho em relação a faixa etária, tendo em vista que foi o 28º de 41 corredores, apenas entre os 68% melhores.

Chegada
Ainda desorientado



Sofrimento

Feliz de novo :)

Pra finalizar, ainda não tenho um próximo desafio em mente, até porque ainda estou me recuperando das dores insuportáveis nas coxas e panturrilhas. Assim que tiver algo em mente, volto a postar aqui no blog. Ainda em tempo, quero agradecer a parceria das amigas Sâmyla e Kimberly, e do mozão Ana Flávia, pelas fotos!


Um beijo no coração e muitos kms!

terça-feira, 7 de março de 2017

Circuito Poúro

Fala corredores! Como estão todos?

Como alguns já sabem, meu próximo desafio será este fim de semana, no Circuito Poúro, em Santo Antônio do Leverger-MT. Irei correr os 21 km desta corrida de trilha, que tem tudo para ser TOP!

Procurando saber um pouco mais sobre a corrida, encontrei este vídeo do canal "Corredores Sem Nome". Troquei algumas palavras pelo Facebook com o André, dono do canal, e segue abaixo o vídeo sobre a corrida. 


Agora é só desacelerar os treinos e esperar o domingo chegar!

Um beijo no coração e muitos kms!

sábado, 4 de março de 2017

Carna ESALQ Runners

O "A" Encarnado, símbolo de todo esalqueano
Para quem não sabe, eu me graduei em Agronomia em Piracicaba, na ESALQ (clique aqui para saber um pouco mais sobre a minha história na ESALQ). Por ser uma Escola centenária, a ESALQ tem entre seus alunos e ex-alunos uma infinidade de “tribos”, se assim posso dizer. Sendo assim, é certo que dentre os milhares de esalqueanos espalhados pelo Mundo existem inúmeros corredores de rua, que muitas vezes nem sabemos que disfrutam da mesma paixão.

Sabendo disso, através de uma iniciativa de alguns esalqueanos corredores, em especial da Uruk (Marina), foi criado um grupo de Whatsapp intitulado “ESALQ Runners”, como uma forma de unir duas paixões: a ESALQ e a corrida. Até uma camiseta de material esportivo (de muito bom gosto, por sinal) foi confeccionada e enviada para esalqueanos de todo o Brasil (MT, MS, GO, SP, MG...), esta ação foi realizada com a ajuda da Diacis (Flávia), que reside em Campo Grande-MS. Eu mesmo utilizo esta camiseta em quase todos os treinos JJJ

Contei esta história toda somente para introduzir o desafio que lançamos no grupo, que foi o Carna ESALQ Runners, para ver o desempenho da galera nos treinos de carnaval e o resultado foi muito legal. Dos 24 integrantes do grupo, seis mandaram religiosamente os seus treinos, que foram compilados e analisados quanto à distância e ritmo, como no gráfico a seguir.

Desempenho dos ESALQ Runners
O período do desafio foi do dia 24/02 até 01/03, sendo que o Roberto (professor da ESALQ) ganhou disparado com 60,1 km percorridos... Sim, ele não sabe brincar. Kkkkkk! Eu fiquei em segundo, com 32,7 km, quase a metade do professor, seguido pelo Petek (Rogério), Conjuntivit (Geide), Vaselina (Eduardo) e Acetil (Caio).

A experiência foi muito interessante e serviu de estímulo para continuar treinando, mesmo no período do carnaval. #ficadica para que façam o mesmo em seus grupos de amigos (corredores ou não), para estimular a prática de exercício físico.

Caso seja esalqueano e corredor, ou conheça alguém que se encaixe neste perfil, deixa um comentário com seu número do Whatsapp, que te adicionamos no ESALQ Runners.

Um beijo no coração e muitos kms!

quinta-feira, 2 de março de 2017

51ª Corrida – Meia Maratona Internacional de São Paulo

Nossa! Como fazia tempo que não escrevia sobre as minhas corridas... Meu último relato foi da 24ª Corrida (clique aqui para ver), que fiz em Araras-SP no dia 8 de setembro de 2013.

Um pouco menos de quatro anos depois e 26 provas disputadas neste período, volto para contar como foi minha 51ª corrida, a Meia Maratona Internacional de São Paulo.

Minha motivação para me inscrever nessa prova foi a mesma de sempre... Continuar correndo e perder peso. Em 2016 eu voltei a engordar e cheguei a pesar 102 kg novamente... Um baita peso para quem chegou a 86 kg. Nesse sentido, segui a mesma fórmula de antes: coloquei metas e pratiquei como nunca minha disciplina.

Iniciei meus treinos em setembro/16 orientado pelo aplicativo Runkeeper, que possui alguns treinos específicos para todo tipo de corrida (5k, 10k, meia maratona e maratona). Segui a risca os treinos e o resultado pode ser visto no gráfico abaixo. Dessa forma, consegui cumprir com os objetivos e sair de 102 kg para 91 kg, atingindo todos os objetivos propostos.
 
Quilometragem mensal
Agora falando especificamente da corrida, foi extremamente recompensadora! Após tantos anos consegui completar a prova abaixo da minha previsão de 2:30:00, fechando-a em 2:16:29, num ritmo de 6:28 min/km. Na classificação geral do masculino fiquei na posição 2929º de um total de 4364 concluintes, o que me coloca no bolo dos 67,1% mais rápidos (Uau! Kkk). Além disso, na minha faixa etária cheguei na colocação 540º de um total de 768 concluintes, o que mostra que estou um pouquinho pior em desempenho do que o pessoal da minha idade, apenas dentro dos 70,3% mais rápidos.

Com relação à organização, não tenho do que reclamar. Desde a retirada do kit, até o apoio durante a corrida, ocorreu tudo com perfeição. Como foi mudança do horário de verão, a maioria dos corredores sofreu bastante, pois com a largada às 7h00, na realidade todos correram como se fosse as 8h00, chegando no pórtico por voltas das 10h, quando o sol estava judiando! Por outro lado, todos os pontos de água tinham bebida gelada, o que amenizava um pouco o calor. Para mim, que treino em Cuiabá, esta mudança não fez diferença! Kkkk!




Meu próximo desafio vai ser na cidade de Santo Antônio do Leverger-MT, no Desafio Poúro. Esta é uma prova de trilha organizada pela Ultramacho, que tem as modalidades de bicicleta e corrida de trilha. No caso da corrida, serão provas de 10k e meia maratona, sendo os 21k o meu objetivo.

Em breve conto esta história pra vocês.


Um beijo no coração e muitos kms!